Piadas

01                                                                         01-3

Três garotinhos discutem qual deles tem familiares mais importantes:
– Eu tenho um tio que é padre – diz o primeiro. – Ele é tão bom, mas tão bom, que todo mundo chama ele de Santo!
– Isto não é nada – desafia o segundo. – Eu tenho um tio que é Cardeal. Ele é tão bom, mas tão bom, que todo mundo diz que ele vai ser o próximo Papa.
– Isto não é nada – diz o terceiro. – Eu tenho um tio que é tão feio, mas tão feio, que todo mundo quando olha para ele diz: – Oh, meu Deus.

02                                                   Religião 047

Numa aldeia africana, nasceu uma criança branca.
Imediatamente o Cacique mandou chamar o missionário, que era o único homem branco por ali.
– Cacique quer explicação! – pediu ele, nervoso.
O missionário, apavorado, tentou explicar por parábolas:
– O senhor está vendo aquele rebanho de ovelhas ali?
– Sim, e dai?
– Como o senhor pode ver, todas são brancas, menos uma…
– Já entendi – sussurrou o índio. – Cacique livra cara de missionário, missionário livra cara de Cacique!

03                                                                   !1A1'''AAAZZLK

Um burro morreu bem em frente de uma Igreja e, como uma semana depois o corpo ainda estava lá, o padre resolveu reclamar com o Prefeito.
– Prefeito, tem um burro morto na frente da Igreja há quase uma semana!
E o Prefeito, grande adversário político do padre, alfinetou:
– Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de cuidar dos mortos?
– Sim, sou eu! – respondeu o padre, com serenidade. Mas também é minha obrigação avisar os parentes!

04                                                                PAPAGAIO-01

Um mágico trabalhava em um navio, fazendo shows para os passageiros. Como o público era diferente a cada semana, o mágico sempre repetia os mesmos truques.
O papagaio do capitão via os shows e começou a entender como o mágico fazia os truques. Quando ele entendia um truque, começava a gritar no meio do show:
– Olha, não olhem para o mesmo chapéu! Olha, ele está escondendo as flores debaixo da mesa! Hei, por que todas as cartas são Ás de Espada?
O mágico ficava furioso, mas não podia fazer nada. Afinal de contas era o papagaio do capitão.
Então, um dia o navio afundou. O mágico acabou agarrado a um pedaço de madeira no meio do mar, e por capricho do destino, junto com o papagaio. Eles olharam um para o outro com ódio, mas não proferiram palavra alguma. Isto continuou por vários dias.
Finalmente, no quinto dia, o papagaio não se conteve e disse:
– Ok, eu desisto. Onde você enfiou a porcaria do navio?

Ciência 068

[tweetmeme style=”compact” only_single=”false”]

Robô já substitui até trabalhador chinês

001 (7)

“Raquel Landim e Renato Cruz – 1/04/2012

Na fabricante de carretas Noma, no interior do Paraná, não tem gente fazendo força. São os robôs espalhados pela fábrica que carregam as peças pesadas. São também robôs que soldam as diferentes partes dos veículos. Antes privilégio de grandes corporações, os robôs estão invadindo as linhas de produção de pequenas e médias empresas no mundo todo e prometem mudanças importantes na divisão global do trabalho, com prejuízo para os países emergentes.

Está em curso uma mudança no sistema fabril que pode significar um novo estágio da revolução industrial. Hoje, comprar um robô custa praticamente o mesmo que pagar o salário de um operário chinês. Dados preparados pela consultoria Gavekal mostram que o custo unitário de um robô industrial atingiu cerca de US$ 48 mil no ano passado, uma diferença pequena para os US$ 44 mil pagos a um funcionário pela gigante de montagem Foxconn durante dois anos.

Na verdade, os chineses recebem menos que isso na Foxconn – que, entre vários outros produtos, faz os iPhones e iPads da Apple -, mas o cálculo considera um fictício operário que trabalhasse 24 horas – como um robô. As jornadas de trabalho da China são pesadas, mas ainda não chegam a tanto. O resultado dessa aproximação de custos é que até a Foxconn já anunciou que pretende “empregar” 1 milhão de robôs até 2014.

Outra evidência do avanço da robótica é que a demanda por robôs industriais está indo além do setor automotivo, que já é tradicional nessa área. Em 2006, as montadoras respondiam por 36% dos robôs utilizados no planeta. Esse porcentual caiu para 28% em 2010. O setor elétrico e eletrônico, que detinha 18% dos robôs, saltou para 26%. Também se destacam os fabricantes de plásticos, produtos químicos e cosméticos.

– Estamos diante de uma tecnologia de ruptura. O excesso de mão de obra vai deixar de ser uma vantagem e as empresas vão começar a retornar para países com mão de obra qualificada, baixos custos e boa infraestrutura, disse José Roberto Mendonça de Barros, sócio-diretor da MB Associados.

– A robótica é um dos fatores que vai ajudar a indústria a renascer nos Estados Unidos, diz Mendonça de Barros, que projeta que, até 2015, o mundo vai assistir atônito a uma mudança radical nas relações de trabalho.

Yuchan Li, analista da Gavekal baseada em Hong Kong e autora dos cálculos, disse ao jornal O Estado de S. Paulo por e-mail que é difícil colocar um prazo definitivo, mas que há sinais de que a revolução já está ocorrendo. Segundo ela, as mudanças são mais rápidas em alguns países, como a Coreia do Sul, do que em outros.

O movimento é inevitável. De um lado, o esforço de países como a China para reforçar o mercado local, melhorando a renda e as condições de trabalho, acaba elevando os custos da mão de obra. De outro, os robôs acabam sendo beneficiados pela chamada Lei de Moore.

Gordon Moore, um dos fundadores da Intel, previu, na década de 1960, que a capacidade dos microprocessadores dobraria a cada dois anos. Isso faz com que os eletrônicos possam ser, a cada ano, mais potentes e mais baratos. E o mesmo acontece com os robôs.”

*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

E você, o que acha deste futuro que se avizinha? Como ficarão as relações de trabalho, com o trabalhador humano sofrendo concorrência de autômatos que não gerarão uma folha de pagamento onerosa como a nossa, que garantirão uma linha de produção otimizada pela maior precisão, sem descansos, férias, greves, atendimento médico e gastos com transporte da residência ao local de trabalho? Considerando o pragmatismo do ser humano e sua conhecida ganância, estes avanços tecnológicos não aumentarão o abismo entre os muito ricos e os infinitamente miseráveis, grande massa de operários que fatalmente perderão seus postos de trabalho para os robôs?

001 (54)

[tweetmeme style=”compact” only_single=”false”]

Infância roubada

          Interessante, embora chocante, arquivo PowerPoint mostrando a realidade de milhões de crianças em várias partes do mundo.

          Fico pensando em como a vida moderna tem-nos encerrado em nossos próprios problemas, fazendo-nos esquecer que existem pessoas vivendo questões infinitamente piores que as nossas. E não raras vezes, estes nossos desafortunados irmãos estão tão próximos, nas esquinas  por onde passamos diariamente, nos morros de nossas cidades, largados à própria sorte em nossas ruas…

          O objetivo  deste post, além de informar, é para que todos reflitamos na sua mensagem  e   possamos, ao invés de apenas ficar chocados e lamuriantes, agir de alguma forma para amenizar o sofrimento de alguém. Não precisa ser um grande ato, mas o mínimo que fizermos, se realmente tocados pelo amor, terá um significado que atingirá a imensidão.

            Façam o download do arquivo clicando no link abaixo, e deixem os seus comentários.

Infancia_roubada